Comer fora pode ser um prato cheio para fugir da dieta, certo? Errado! Tomando alguns cuidados, é possível experimentar novos sabores sem comprometer a saude. Isso vale para as casas que trabalham com serviço à la carte ou bufê.

Segundo a nutricionista Ana Paula Lins, mestre e doutora em saude da Mulher e da Criança pelo Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), o primeiro aspecto a ser levado em conta é a escolha do pro restaurante. "Procure escolher aqueles menos cheios, barulhentos e confusos, para que possa comer com calma", sugere ela, que atua como pesquisadora do Grupo de Obesidade e Transtornos Alimentares do Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia (Gota/Iede).

O segundo aspecto é ter a consciência de que a visita a um restaurante não é a ma oportunidade de saborear um determinado prato. Sempre haverá uma pra vez. Por isso, não é preciso provar todas as iguarias à disposição: "Também é importante realizar todas as refeições do dia. Não deixe de almoçar porque vai sair para jantar, por exemplo."

Na hora de fazer o prato, a especialista explica, o ideal é começar pelas saladas. Num restaurante a peso, ela orienta a fazer um primeiro prato com muitas folhas e legumes crus ou cozidos, mas sem molhos ou cremes. Para temperar, o melhor é usar azeite, limão, sal, ervas e especiarias. Spois é hora de escolher carnes magras, leguminosas e arroz integral. Em relação ao tradicional feijão, Ana Paula faz um alerta: "Principalmente em restaurantes populares, ele costuma ser preparado com carnes salgadas, nem sempre perceptíveis."

Mas e se houver um prato irresistível daqueles que pesam na balança e na consciência? A recomendação é se servir de uma pequena porção, depois de já estar saciado pelos alimentos saudáveis. Para acompanhar a refeição, a nutricionista recomenda um suco de frutas natural sem açúcar ou água, que também oferece sensação de saciedade.

Dez conselhos a serem seguidos ao comer fora

1. Saiba o que você está comendo. Alguns restaurantes dispinformações nutricionais nos cardápios. Olhe o menu antes e faça as combinações mais adequadas.

2. Aproveite a refeição, mas coma menos. Todos adoram os bufês "sirva-se à vontade!". Mas, para evitar a tentação de comer além da conta, use pratos de sobremesa e pegue porções menores. Lembre-se de que você pode repetir se ainda estiver com fome.

3. Faça com que metade de seus grãos seja de grãos integrais.

4. Repense sua bebida. Em vez de pedir um refrigerante ou outra bebida adoçada, tome água.

5. Faça com que metade de seu prato seja de vegetais e frutas.

6. Monte o prato do seu jeito. Não pense que você precisa seguir combinações preestabelecidas pelo restaurante.

7. Vá devagar com os molhos. Sempre que possível, peça menos quantidade de molho ou para que venha à parte.

8. Fique atento no balcão de saladas. Não acrescente bacon, croutons, azeitonas e batata palha à sua combinação de folhas.

9. Resista às sobremesas. Reserve-as para um jantar no fim de semana ou ocasião especial. No dia a dia, prefira frutas.

10. Não prolongue o tempo no restaurante além do necessário. Deixe para conversar com os amigos em outro ambiente em que não haja a possibilidade de você continuar comendo sem necessidade.

Fonte: Adaptado de Choose My Plate.org