Bebês amamentados também têm menos chances de sofrer de alergias e doenças cardiovasculares

Um artigo publicado recentemente na revista científica "Science" afirma que o leite materno é o primeiro alimento funcional que podemos consumir. O microbiologista David Mills, da Universidade da Califa, afirma, que se trata "de um fluido genial" ainda pouco estudado.         Para o pediatra Hélio Fernandes da Rocha, chefe do Serviço de Nutrologia Pediátrica do Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira, da UFRJ, a afirmação não é exagerada. Segundo ele, alimentos funcionais são aqueles que oferecem benefícios específicos à saude. É o caso, por exemplo, do peixe. Seus benefícios para a mem são creditados aos altos teores de fosfatos e gorduras especiais. O conceito surgiu no Japão no final dos anos 1980, a partir da tradição desse e de outros países orientais de usar certos alimentos em prol do bem-estar.

"O leite materno fornece diversos componentes e nutrientes originais de forma equilibrada, promovendo o crescimento, o desenvolvimento e a saude por muito tempo. É praticamente impossível imitar suas características com qualquer outro tipo de dieta. Os componentes específicos do leite materno, como células, proteínas, ácidos graxos poli-insaturados, oligossacarídeos, lactose, várias modalidades de vitaminas, minerais e oligoelementos,  são surpreendentes. Eles se encaixam harmonicamente de forma adequada na composição corporal que a criança obterá a partir da concepção e durante  os períodos mais críticos, até cerca de seus 2 anos de idade", afirma o médico, enfatizando que nenhum produto industrializado por melhor ou  mais caro que seja tem as mesmas propriedades".

  Além da oferta de nutrientes importantes, a amamentação proporciona efeitos benéficos na microflora intestinal, em algumas enzimas e outros fatores imunolos, aumentando a capacidade de o organismo da criança se defender de uma série de micro-organismos nocivos. As crianças amamentadas também têm menos chances de desenvolver obesidade, pressão alta, doenças inflamats, alérgicas e metabas, como o diabetes tipo 1.

"O leite materno atende à definição de alimento funcional. É o primeiro e o mais completo que existe", resume.