Cuidar da saúde oral do bebê desde o nascimento é essencial para prevenir doenças na idade adulta, inclusive a obesidade infantil. Problemas dentários e mastigação errada, por exemplo, prejudicam a absorção de nutrientes e podem levar a um maior consumo de alimentos calóricos. E a atenção à saúde bucal deve começar antes mesmo da gravidez. Com o objetivo de conscientizar a população sobre o tema, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) revisou e publicou o “Guia de Saúde Oral Materno-Infantil” (do Global Child Dental Fund, do Reino Unido). O guia tem três partes: gestante, bebê e criança. Fique atento às principais orientações a seguir.