Em boa parte do mundo, crianças e adolescentes passam cada vez mais tempo em frente às telas. Mas não apenas eles. Pesquisa da ONG americana Common Sense Media feita com 1.786 adultos (com filhos de 8 a 18 anos) revelou que os pais gastam 9h22 minutos diariamente com celulares, tablets e computadores, sendo que 7h43 minutos são dedicadas a entretenimento e a resolver questões pessoais. E um dado relevante: 78% dos entrevistados acreditam que são bons modelos de como seus filhos deveriam utilizar a tecnologia digital. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), o uso precoce e por longa duração de jogos eletrônicos, mídias sociais e aplicativos pode causar problemas físicos e mentais na infância e na adolescência, com reflexos na vida adulta. Um desses males é a obesidade. Saiba como evitá-los.